segunda-feira, 11 de junho de 2012

Prometheus




Filme de Ridley Scott, com Noomi Rapace, Charlize Theron, Michael Fassbender e uma Lula albina.

A quem não for fã do filme original, não recomendo o visionamento do filme, a quem for fã do original e vá ver o filme à mesma - como eu, que papei o AVP 2 sabendo que ia doer - ficam os meus sentimentos pela desilusão.

Nota - 6/10


- SPOILERS!!-
Prequela da prequela da prequela do filme Aliens (Ridley Scott em 1979).
Prometheus é um filme que quanto mais se pensa nele, e melhor se compreende o filme... menos se gosta.
Pior, é um filme que se trai a si mesmo dentro da mitologia que ele cria dentro do próprio filme (separando-o do universo Alien onde existe).
Ridley Scott afirma que o começo do filme  - quando um Space Jockey morre - pode ser como pode não ser um sacrificio, pode ser e pode não ser o começo da vida da terra, pode ser e não pode ser a terra nessa cena...

Sendo ou não sendo, não faz sentido o ADN, começar a vida na terra milhões de anos atrás, e em 2091 o mesmo ADN orginal ser coincidente com o dos seres humanos, como se nós, os Pandas e as Sardinhas tivéssemos o ADN 100% compatível.

Não faz sentido o space jockey que está vivo, se tinha pressa em destruir a terra ia por-se a dormir? ia por-se a dormir quando estava primeiro a fugir de qualquer coisa que lhe decapitou o camarada amigo na porta...

Camarada amigo que estava milhões de anos depois, perfeitamente conservado...

(se foi decapitado, pelo menos a parte do pescoço estava aberta...mas adiante)

O geologista que foge por ter medo do decapitado, 15 minutos depois enfia a mão na boca do primeiro Alien vivo que lhe aparece todo contente, o que vai totalmente contra a personagem.

Podia falar de ziliões de outras coisas que falham no argumento do filme, insinuações que os Space Jockeys nos querem eliminar porque... matamos o Jota Cristo... (wtf?)

É pena, é triste, mas podia escrever e escrever sobre falhas no argumento do filme  -como filme único, separando-o do universo onde se insere e como nos foi vendido- como prequela do filme aliens, acontece que uma trilogia dá mais dinheiro, e o sr Ridley Scott quer fazer mais dois filmes até encaixar com o Aliens Original.

Pode ser visualmente em momentos - não apenas quando a Charlize Theron está no ecrã - um filme lindissimo, fantástico.
Mas isso não chega.
O Fassbender está fantástico como David, mas isso não chega.
Idris Elba, é sempre um win, mas isso também não chega...


Fico por aqui antes que vá descer a nota do filme para 5...

3 comentários:

Pusinko disse...

Ao menos, não vou apanhar desilusão, pois não tenciono ver, de todo esse filme. :x
brrrrr

André disse...

Eu tinha que ver, vejo todos, mas sinceramente, não perdes grande coisa

Things disse...

mais um desiludido...:S
quando vi o trailer do filme julguei que ia criar grande impacto mas vejo que é só fachada...:/