terça-feira, 24 de abril de 2012

Paixões.

Eu sempre fui um homem de paixões.
Gosto -como toda a gente presumo -de juntar algo que nos sabe tão bem com outra coisa que adoramos.
Como uma tarde solarenga a beber Mazagran no alpendre a ver o mar com a cadela a ressonar aos nossos pés.
Como ganhar ao fifica no estádio da lu... no salão de festas do Porto em Lisboa e ser campeão...
Como dançar tango com a mulher por quem nos apaixonamos e entrar o nosso tango favorito...

Ou juntar o nosso gosto, a nossa grande paixão pela magia com o entusiasmo que sempre tivemos pela ginecologia...

Que infelizmente a Ex não achava grande piada...

...ficando chateada comigo quando a meio do sexo parei para lhe perguntar se era aquela a carta que tinha escolhido...


Nota - é algo que magoa, uma pessoa numa relação e a outra não respeita as nossas paixões, não nos aceita como somos...

... E eu ainda não tinha sequer tentado o coelho ou a pomba - isso sim, era awesome e de valor... o bicho não ia ali para dentro propriamente bem disposto...

Ou os panos coloridos sem fim a saírem da...


Estou triste.

4 comentários:

Cupcakke disse...

Realmente é inacreditável como é que é possivel alguém não achar piada a esses truques de magia espetaculares. Fico triste por ti, és mm um incompreendido

Pusinko disse...

Vítima do teu próprio ser e das moças que não sabem admirar um pouco de magia a meio da queca.

Bibinha disse...

vê lá é se um dia destes não te aparece um truque de mágica a porta.... a dizer
"olá eu sou o teu filho"
Isso sim é magia :)

Ups sorry foi mto mto má hehehehe

Mnemosyne disse...

É bom ter-se um espirito aberto
;)