terça-feira, 13 de março de 2012

3.

Estes dois anormais irritam-me.

Não só ela lembra-se de vir dormir para a nossa cama quase todos os dias... como trata-me bem e faz-me gostar dela mesmo quando me rouba o tempo e a atenção do meu homem.
Isso irrita-me.

Tento ver as coisas por um lado positivo...

Como mais, estão mais em casa e não me chateiam quando lhes faço companhia no sofá.
Também não tenho culpa de ter uma personalidade ciumenta...

Ela chegou e estava nervosa.
Reparei, senti que lhe consumia o interior tal era a ansiedade de lhe tocar, de lhe por as mãos na pele.

Às vezes vejo que lhe treme a mão do nervoso miudinho quando lhe tenta fazer uma festa sem ele ver.
Também já a apanhei a olhar para ele derretida quando ele está a fazer qualquer coisa sem estar a olhar para ela.
Ou quando me deixam subir para a cama e dormir com eles depois de finalmente!! me abrirem a porta do quarto...

Como se eu não ouvisse o que estão a fazer lá dentro quando a porta está fechada...

E o cheiro... até podia estar fechada na varanda ou mesmo na rua...

Apetecia-me ir à rua agora que penso nisso...

Mas ela é chata para dormir.
Acorda a meio da noite e liga-me a luz.
Deita-se sobre o seu peito e fica ali a fazer-lhe festas.

É um conceito totalmente errado... festas-eu, eu-festas.
Não percebo qual  é a dificuldade...

Gajas enfim.

Mas gosto dela, dá-me comida quando ele não está a ver, fala comigo sempre a gostar de mim na voz.
Dá-me é pena ser tão teimosa e ficar tanto tempo a fazer figura de parva a dizer - senta! senta!

Eu sento-me quando me quero sentar porra! e a minha boca... também abre e mastiga quando estou de pé... que burra!

Aquela ideia de ir à rua é que era mesmo bem pensado...

Ele quando ela está cá acho que me tenta irritar, fazer-me ciumes.

Ele sabe que adoro, desfaço-me nas suas mãos quando me coça no final da coluna, mesmo ao pé da cauda...

E depois passa-me o tempo todo agarrado a ela, a fazer-lhe o mesmo...
Quer dizer, um pouco mais abaixo... ela não tem cauda eu percebo que ele tenha mais dificuldade a encontrar-lhe o ponto.
É tão bom...

Ao menos as orelhas, quando me esfrega naquele sitio atrás da orelha é só a mim, é algo nosso... acho que o mordia se lhe fizesse o mesmo à minha frente.

Mesmo que fosse a ela, mesmo sendo ela querida... e acho que ela acabou de lhe dizer qualquer coisa que envolvia rua...

Falso alarme.

Agora que penso nisso ele é um bocado mais burro que ela com o senta.
Eu dei-lhe uma bola, meti-lhe a bola na mão para ele ficar com ela, para a guardar que era importante que a bola foge.
O estúpido atira-me a bola para longe...

Eu volto a dar-lhe a bola e o gajo volta a atirar-me a bola para longe! que irresponsável do caraças...

Também o que estava à espera se ele nem a sabe cheirar no sítio certo?
Roça-lhe o nariz no nariz dela!! roça-lhe o nariz na barriga, sobe-lhe pelo corpo...
Enfia o nariz no cabelo dela, toca-lhe com a língua nas costas...

Não é ai que se cheira homem!

Irritam-me tanto aqueles dois... e acho que voltaram a dizer qualquer coisa com rua... estão a gozar comigo, só pode.

Comeram-me um pacote inteiro de bolachas e só me deram duas...

Espera... estão a olhar na minha direcção...

Ela está a vestir o casaco...

Ele está a vestir o casaco...

Tu queres ver que...

Um comentário:

Bibinha disse...

lololol
Definitivamente escolhes-te uma cadela bué inteligente :)
Não é ai que se cheira homem....
hehehehehe