segunda-feira, 5 de março de 2012

Conversas com o meu Pai #8

Isolo um Ravioli no prato com o garfo quando à minha esquerda na mesa Sra Dona minha Mãe pergunta ao meu Pai...


Mãe - sabes porquê que o teu filho veio tão cedo para casa ontem? saiu daqui todo peneirento que ia ter com a "Miss" e que estava em grande forma e ainda não eram uma da manhã já tava a meter a chave à porta...

Pai - Pelo que percebi no café do que lhe consegui arrancar acho que voltou a falar demais e foi corrido de casa dela...

Eu - Vocês têm a noção que eu estou aqui sentado na mesa à vossa frente...

Pai - Realmente, podes aproveitar e partilhar o que lhe disseste

Eu - Nada de mal! estávamos empolgados e lançados para uma bonita noite de amor e afecto, eu até a deixei por a tocar o John Mayer de fundo, o que é um bocado gay mas ok, adiante... ela já se tava a passar comigo a noite toda a falar de futebol e a fazer piadas segundo ela sem graça, eu acho que ela tem mesmo é inveja... estavamos no calor do momento na cama dela quando ela me pergunta se tinha... hum... protecção...e pronto, ela passou-se e correu-me a pontapé e nada.

Pai - o quê que lhe respondeste?

Eu - Que não era preciso, de manhã ela tomava dois Brufens e ficava tudo bem...

...

(Silêncio constrangedor)

...


Mãe - gosto dela, diz-lhe para vir cá jantar dia 21 nos meus anos

Pai - É mulher para casar!

Um comentário: